Publicado por: cidadedopensar | 02/06/2010

Viver com Estrangeiros


Zygmunt Bauman não é “Mussum, mas se amarra num Líquido” !

Grande Bauman

O Pensador Pós-Moderno

Tenho Hábito de ir a livrarias que tenham um “café punk” . Assim conheci diversos livros interessantes, comprei muitos, li alguns em sua totalidade na própria livraria e dei uma leve “bizoiada” em uma porrada de livros punks… mas se comprar todos os livros que quero, não pago minhas contas… srsrsrsrs …

Recomendo 3 livrarias interessantes :

Moviola – na Rua das Laranjeiras (Próxima a PeriNatal e ao Hebraica),ela oferece além de um café punk, uma vasta carta de cervas importadas , fora os funcionários que são 10 ;

Livraria Saraiva do Shopping Tijuca – Que possui um café muito punk, onde as funcionárias são muito “Brothers” e as pessoas que freqüentam idem .

– Beta de Aquarius – Outra bela opção, principalmente para o Bolso . Perto de todos : Na Rua Buarque de Macedo, 72 – Catete, bem entre as estações do Metrô Catete e Largo do Machado .

Então . Meus impulsos consumistas hoje em dia se restringem a Livros e Flamengo (Nada mal “Ma broda” … rsrsrs). Pensei em comprar um casaco do Fla, mas tava muito caro e , obviamente não comprei e  parti pra dentro da palavra mais uma vez : Comprei um pequeno Livro do Bauman : “Confiança e Medo na Cidade” . São 90 páginas apenas ( contendo ensaios de Bauman e Transcrição de palestra que ele participou) , mas densamente punk em conteúdo, de fácil absorção e vital para o entendimento do andamento das cidades “Pós-Modernas”.

Bauman é um grande representante do pensamento Pós-Moderno . Já Li alguns livros dele, como : “Medo Líquido”, “Amor Líquido”, “Aprendendo a Pensar com a Sociologia” . Já dei uma leve “Folheada” em “Modernidade Líquida”, “Vida pra consumo” e no “Mal-estar da Sociedade” .

O tal livro que comprei me garantiu mais conteúdo para seguir a onda viajante sobre nossa sociedade global e “High-Tech” .  Destaquei um capítulo dele e postei aqui, para vocês, meus “6 leitores e 1/2” . Podem comprar o livro . Vale a pena tê-lo sob seus olhos .

VIVER COM ESTRANGEIROS

Por Zygmunt Bauman

Senhoras e senhores,

Envergonho-me um pouco de mim mesmo, de minha profissão. Sou alguém que fala a respeito de coisas, e agora estou diante de pessoas que fazem coisas de verdade, fazem com que elas aconteçam. Portanto, tentarei ser breve para não lhes roubar muito tempo, mesmo porque não seria possível falar de modo exaustivo sobre o tema que nos preocupa: ver, reconhecer e resolver os problemas da convivência.

Viver numa cidade significa viver junto – junto com estrangeiros. Jamais deixaremos de ser estrangeiros: permaneceremos assim, e não interessados em interagir, mas, justamente porque somos vizinhos uns dos outros, destinados a nos enriquecer reciprocamente.  (… Clique aqui e Leia na íntegra …)

( Como é ” Ma Broda” , tá esperando o q ? Maldito Livre-Arbitrio ! Rsrsrsrs )


Responses

  1. Queridão, adorei seu blog. vi seus vídeos todinhos.vc é uma graça. Ri muito com o inicio deste post , hhihihih “Zygmunt Bauman não é Mussum, mas se amarra num Líquido” !

    Vo mimi bom dia

    • Alice. Que bom . Gosto muito quando as pessoas curtem meus textos. Obrigado pelo elogio. Me incentiva. Aquece minhas idéias.

      Um forte e Fraternal Abraço,
      Rafael Leonardo Braga


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: