Publicado por: cidadedopensar | 31/10/2009

Efeitos Colaterais


Estado , Coerção e Efeitos Colaterais .

Estado , Coerção e Efeitos Colaterais .

O ocorrido no Morro dos Macacos , um dia antes de completar 27 anos, me fez refletir sobre o papel do Estado .

O Estado tem o dever de dedicar-se no trabalho e esforço ao bem comum, navegando entre o poder político, ideológico e econômico . Quando o poder político e o ideológico falham, ou seja, a persuasão não convence a população, “partem pra dentro” usando da coerção , legitimando seu poder.

A coerção é a arma do estado para legitimar o seu poder.

Desde que “Estado” existe, tem a companhia da coerção para realizar seus objetivos políticos e ideológicos. O que não me assusta . O que me assusta é o abuso do poder (Paralelo e Oficial) sendo realizado por anos em minha pátria, peculiarmente aqui na “Maravilhosa” .

O Estado deveria ter agido uns 20 anos atrás. Omitiu-se de forma vergonhosa e tacanha. Marginalizando a pobreza , criminalizando só os pobres e a classe média (Já viu algum estadista-elitista preso ?) .

As bundas que sentem a opressão policial são bundas sem valor social na mente elitista carioca , infelizmente . Almas se perdem a chumbo e fogo , ora, estamos em guerra . Uma guerra sem vencedores, só derrotados. Policia de um lado, do outro a população miserável e marginalizada socialmente .

Muitos dizem : “ Marginais” ao ver uns 3 ou 4 “menó da favela” sem nem saber se trabalham para o tráfico . E dizem sem saber ao certo o significado da palavra, até porque, no inconsciente coletivo carioca, favelado é sinônimo de criminoso e Marginal é sinônimo só de bandido, o que é um grave erro .

Indivíduos á margem da sociedade estão espalhados pela cidade. Sem teto, sem pão e educação . Perdidos entre balas , sentindo-se só, sem ter no que se agarrar. Apelam para fé cega em Deus, principalmente nas classes menos favorecidas.

Vivemos há anos sob tutela do poder paralelo,principalmente na Zona Norte do Rio e Baixada Fluminense, mas vejo um horizonte melhor para população carioca, mesmo estando em guerra civil juntamente com outros fatores que a atormentam. Infelizmente, se faz necessário o uso do poder policial ostensivo, “pra deixar os vagabundo boladão, com o c.u na mão mermo” (ouvi no ônibus, aparentemente de um morador de uma favela) . “lá ta tranquilão agora, vagabundo ta no sapatinho” .

O problema é que só o policiamento ostensivo , sem investimento na educação escolar, na educação de “humanidade, civilidade e cidadania” , na melhoria das condições de vida da esmagadora maioria da população, que vive em lugares suscetíveis ao crime, onde só o crime compensa .

Precisamos de políticas ostensivas e repreensivas contra a entrada de armas e drogas no estado, pois cocaína , Crak e Maconha não “dão” no alto do morrão, nem temos pés de Ar-15, AK-47 nem FAL por lá . A descriminalização das drogas deve ser discutida . Tratar os viciados e ajudar suas famílias é necessário . Meter o pé na bunda da playboyzada também, pois somos nós, “playboy do asfalto” , que financiamos o tráfico de entorpecentes, de armas e de vidas para o além.

As ocupações das comunidades da “Babilônia” , “Batan” e “Cidade de Deus” , não foram ocupações meramente policias, de fato, o Estado está começando a se fazer presente nelas, coisa nunca antes vista, levando a população serviços públicos, buscando melhorar sua qualidade de vida .

A “Maravilhosa” tem solução . E vejo nos bastidores, muita gente trabalhando para melhorar o quadro calamitoso pintado desde que deixamos de ser Capital Federal. O problema do Rio de Janeiro é antigo , assim como o caráter duvidoso das ações do Estado até gestões passadas . Não sou contra ao governo Cabral . Observo algumas ações com ressalvas mas acredito que entre os governadores que tivemos ele e sua equipe são os mais capacitados para apertar o “start” pra mudança de rumo .

Em 4 anos é impossível ver um progresso marcante, é curto prazo, acredito que mais 4 anos no poder veremos já algum , a semente está sendo plantada .

Pense que “Vacinas” preventivas geralmente causam febre e mal estar .

Escrito por: “CidadedoPensar” , Menos conhecido por Rafa Leo Braga !


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: