Publicado por: cidadedopensar | 14/06/2010

Revelação Inconsciente


Escrevo melhor quando sinto dor, mas geralmente uma dor abstrata, uma cólera ou raiva controlada.De fato o Amor é o sentimento que me faz transbordar palavras interessantes.

Subconsciente : Deixe-o te governar

Subconsciente : Deixe-o te governar

A dor concreta me assola. Sinto agora. Sinto fisicamente o efeito do excesso. Fumaça, bebes e come. Dormi Antes das 02:00, acordei antes das 04:00. Tudo graças ao Tabaco ,ao Espumante e aos camarões empanados na hora da saída . Agora estou tonto. O bastante pra não conseguir olhar bem para tela , nem observar bem as teias que meu pensar está produzindo .

Pensei em dormir uma noite tranqüila, pós Dominical Casamento, mas meu corpo não deixa. Escrevo agora para enganar meu corpo, através de minha psique . Com ela, tento driblar a Náusea, a Neura e a Neurastenia. Tomei uma Neusa, mas não driblei a cabeçorrite . Talvez remédio algum será capaz de curar minhas mazelas físicas atuais. Preciso mesmo é de cama. Mas deitar só me aflige.

Controvérsias e paradoxos a parte, estas frases acima são o puro suco do êxtase negativo que a maldita combinação insana de álcool e cigarro provoca. Como disse o poeta uma vez : ” … o banheiro é a igreja de todos os Bêbados….Ando tão down…”

O mais forte de tudo, até agora, é que não fiquei exatamente bêbado . O que me faz pensar que o mais denso desprazer que sinto agora é produto do meu prazer de fumar feito um acéfalo ser. Indico a todos que querem se sentir como eu, fumar uns 15 cigarros em um intervalo de 3 horas, num domingo, regado de Pró-Seco, ao lado de lindas mulheres (umas interessantíssimas, cultas e raras .Outras nem tanto). Com certeza sua manhã de segunda será uma porra .

De fato, a unica frase dita por mim neste fim de semana que merece ser dividida com alguém e esta:

” Meu subconsciente me revela : É nele que encontro minhas verdades, meu “True-Eu”… É nele que guardo meus verdadeiros amores e pseudo-desamores …. Já meu consciente me mascara, transforma meu eu , como um artesão talha uma boa imagem … ou o que o contexto social precisa ver em mim”

Isso me faz voltar ao (ótimo) casamento de horas atrás : Um desfile de máscaras , infelizmente coladas em belas mulheres, umas interessantíssimas, cultas e raras . Outras nem tanto.

Nas “nem tanto“, a máscara poder ser a solução . Nas “Raras” , não !

Você: mulher culta, interessante, linda e rara , jogue suas mascaras no lixo . Revele seu subconsciente, suas verdades, amores e desamores . Tente se perceber como um todo . Sua aparência não pode transcender sua essência . O contrário sim. Apoio . Divulgo. Encorajo-a . Coragem. Você é densa. Linda em essência e aparência . Parabéns .

Pontualmente, direciono este texto a você, mas qualquer linda mulher , daquelas com M Maiúsculo podem pegar emprestado. As “nem tanto” ainda precisam de mais “alma”. Muito mais que cintura fina, belas coxas de pêlo loiro, olhos instigantes e bocas convidativas que já possuem .

É isso. Por hoje é só.
E o bom texto que minha dor prometeu não apareceu !
Melhor assim. As vezes a poesia atrapalha. Mascara.
Viva a verdade .

Forte e Fraternal Abraço,
Rafael Leonardo Braga

Obs: Meu corpo está vencendo a batalha com minha psique ! Me sinto péssimo…. Argh !


Responses

  1. […] que ontem na madruga incorporei o autor de ‘Humano, demasiado Humano’ ao escrever o “Revelação Inconsciente”, Hehehe… Sério, leia o trecho abaixo, e compare com post […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: